@lafajunior

sábado, 5 de novembro de 2011

Rei Xerxes I



Xerxes era filho de Dario e Atossa, filha de Ciro; eles se casaram após Dario ter se tornado rei dos reis. Ariamenes também era filho de Dario, e mais velho que Xerxes, mas Xerxes sucedeu Dario. Outro irmão foi o sátrapa Aquemenes, filho de Dario  e de Atossa.
Xerxes herdou o trono por designação do pai, apesar de não ser o primogênito. Continuou a guerra contra os gregos, conhecida como Guerras Médicas, como forma de vingança, pois seu pai havia perdido a Batalha de Maratona em 490 a.C..
Mandou construir um canal que atravessava a Península de Atos, o que facilitou a passagem da frota. Após derrotar o exército de Leônidas, vencendo a Batalha das Termópilas, que teve como palco o desfiladeiro de mesmo nome, Xerxes saqueou a Ática e, ao tomar Atenas, arrasou os santuários da Acrópole.
Mas sua frota foi destruída em Salamina, em consequência dos graves erros táticos que cometeu, retornando à Pérsia, onde mais tarde morreria assassinado. Ele nunca chegou a se recuperar dessa derrota e em seguida abandonou as ambições militares.
Nos últimos anos de reinado dedicou-se à construção de palácios e monumentos que contribuíram para o embelezamento de Persépolis.
Xerxes também se considerava um Deus-Rei, ele também foi protegido pela famosa guarda dos Imortais e os usou na batalha das Termópilas.

3 comentários: